quando viu já era passarinho
deixou de lado a bolsa no armarinho
pra construir o próprio ninho
e botar lá os seus ovinhos
quando viu já era menino,
deixou pra trás as penas e redemoinhos
pra voltar pra vida de aluno mesquinho
e escrever poemas no caderninho

Anúncios

Sobre Isaac de Moraes

Procurando por algo, continua incessante Sem saber o que seja, continua incompreendido Mesmo decidido segue errante
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

4 respostas para

  1. Thaissa disse:

    Por isso eu digo.
    As belezas de suas palavras tocam minha alma e mente, fazendo-me uma mulher mais do que feliz.
    Me sinto pequena perto de tanto talento, querido. Você é admirado POR MIM, e por quem passa por sua vida.

    Te amo, :*
    CASA COMIGO ? *-*

  2. isac nossa amei ;… vc escreveo depois da foto ou a foto veio depois

  3. escreveu* depois da foto ou a foto veio depois do texto?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s