SJ

Fogueiras saturadas de sol, de fogo,
Todas cheias de toras quase vermelhas por natureza,
Transitam entre laranja e amarelo ouro,
Feitas de esperanças, de carbono e álcool
São filhas do nada e nascem da terra, são filhas de um São João menino e seu cordeiro,
Donas da noite e santas de estrelas cadentes e festas juninas

Anúncios

Sobre Isaac de Moraes

Procurando por algo, continua incessante Sem saber o que seja, continua incompreendido Mesmo decidido segue errante
Esse post foi publicado em Casualoidades, Contestória, Poesiar. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s